SOVENA

AGRICULTURA

Áreas de negócio

AGRICULTURA

A área agrícola consiste na exploração de herdades próprias ou arrendadas para plantação de olival, bem como na gestão de lagares para o processamento das respetivas azeitonas e temos nesta área um projeto de grandes dimensões, dos maiores no mundo, que já está em plena operação em Portugal, Espanha e Marrocos. Mas uma empresa Glocal não quer estar presente somente em três dos principais países produtores mundiais de azeite e, por isso, vamos continuar a expandir-nos.

Atuamos na agricultura com a Elaia, cujo objetivo é a produção de azeites de excelência. Na Elaia, contamos com mais de 14600 hectares em exploração, em Espanha, Marrocos e na maioria em Portugal , em grande parte devido à evolução do projeto de Alqueva, que tem constituído um fator de desenvolvimento muito importante das áreas irrigadas.

Países Hectares plantados Hectares totais
Portugal 9.143 11.628
Espanha 1.507 1.691
Marrocos 1.083 1.332
Total 11.737 14.652

 

 

 

 

 

Todo o processo de produção é realizado com os mais altos padrões de qualidade e controlo, desde o campo onde se produz a azeitona até aos lagares onde se produz o azeite, garantindo total rastreabilidade. A produção de azeite é feita nos nossos quatro lagares que, com a mais moderna tecnologia do setor, transformam 100% da nossa colheita.

 

Países Lagares Capacidade de Transformação (Tons azeitona/dia) Capacidade Armazenamento Azeite (Tons)
Portugal Ferreira do Alentejo (Marmelo) 1.300 5.200
Portugal

Avis (Painho)

900 5.800
Espanha

Badajoz (Navalvillar de Pela)

350 1.020
Marrocos Marrakech (Olico) 350 1.500
Total   2.900 13.520

 

 

 

 

 

 

 

 

O projeto Elaia visa, entre outros objetivos, integrar todos os segmentos da fileira olivícola, desde a produção de azeitona até à comercialização do produto final - azeite -, reforçando a nossa posição no mercado e valorizando a importante estrutura industrial e comercial.

Pelo seu significado em termos da requalificação e expansão da área de olival e da inovação na laboração do azeite, este investimento demonstra uma clara aposta na agricultura mediterrânica e na criação de azeites de qualidade ímpar, reforçando a nossa posição no setor oleícola e no panorama mundial do azeite.

Tipos de Plantação

O maior conhecimento sobre as potencialidades do olival, aliado a novas técnicas agronómicas, deu lugar à chamada "Nova Olivicultura", que recorre a sistemas de irrigação gota a gota e permite aumentar e estabilizar a produção. Desta forma, conseguimos maximizar a seleção de Variedades, garantindo a homogeneidade e a qualidade das plantações e assegurando uma maior eficácia que resulta da mecanização de tarefas fundamentais, como a colheita e a poda.

Esta evolução deu origem aos Olivais Intensivos e, posteriormente, aos Olivais Superintensivos, os dois sistemas atualmente aplicados pela Elaia e cuja seleção se relaciona com a realidade de cada terreno agrícola, desde o relevo à exposição solar, e com a maximização dos respetivos recursos.

Os olivais Intensivos têm elevadas densidades de plantação, normalmente de 300 a 400 árvores por hectare, beneficiando de modernos sistemas, como a já referida irrigação gota a gota, e de maior racionalização de recursos, com um incremento dos controlos de rega e adubações. Os Olivais Superintensivos, ou olivais em sebe, em muito baseados na conduta agronómica da vinha, permitem densidades ainda mais elevadas, que superam as 1200 oliveiras por hectare e podem chegar às 2000. Apesar de exigirem um investimento bastante superior, os Olivais Superintensivos permitem maior produtividade por hectare, uma entrada precoce em produção e a mecanização integral das operações – a eficácia da colheita chega a superar os cinco hectares por dia – com impacto no aumento de eficiência e na racionalização de custos e recursos.

Refira-se que os Olivais Superintensivos têm a sua primeira colheita no terceiro ano após a plantação e, a partir do quinto ano, podem atingir produções médias anuais na ordem dos 10 mil a 12 mil quilogramas por hectare. Também com as suas primeiras produções no terceiro ano, os Olivais Superintensivos permitem produções médias da ordem dos 8500 a 10 mil quilogramas por hectare a partir do sexto ou sétimo ano de produção.

 

Unidades de Produção:

01

PORTUGAL

Este projeto cresce dia após dia e, neste momento, já conta com cerca de 10.000 hectares nas regiões de Alto e Baixo Alentejo. Os polos de gestão estão situados em Ferreira do Alentejo, Campo Maior, Elvas e Avis. As primeiras plantações decorreram no verão de 2007, em Elvas e Ferreira do Alentejo, e a primeira colheita em 2009. Em 2012, alcançou-se uma produção superior a 50 milhões de quilos de azeitonas.

02

ESPANHA

As herdades de Cuadrado, El Barrillo, Sevillano, Huyuelas, Huesar y Benazurera estão localizadas na Estremadura, na área de Vegas Altas, província de Badajoz, e na Andaluzia, província de Córdoba, considerada como o autêntico coração da Olivicultura por se tratar da maior região produtora a nível mundial. Na Estremadura, as plantações datam de 2007 e 2009, enquanto na Andaluzia são mais recentes, de 2014, sendo três as variedades plantadas em sistema de sebe: Arbequina, Arbosana e Oleana.

03

MARROCOS

A Soprolives foi o primeiro passo que demos na área agrícola. É uma empresa sedeada e com atividade exclusiva em Marrocos, que integra a Elaia, sendo copropriedade do Grupo marroquino Somed e uma iniciativa reconhecida pelo Ministério de Agricultura de Marrocos, em 2015, como o melhor projeto integrado na área da olivicultura no país. Este é um projeto relevante para o nosso Grupo, pois constitui uma importante plataforma de abastecimento para a nossa operação nos EUA, e para o próprio país, contribuindo favoravelmente para a sua balança comercial e para a modernização de um setor que é ainda esmagadoramente tradicional.

QUALIDADE & CERTIFICAÇÕES

 

Política de Qualidade, Segurança Alimentar e Ambiente

No desenvolvimento da sua Missão e Visão, a ELAIA LAGAR estabeleceu como orientação importante da sua estratégia, em partilha com as orientações do GRUPO SOVENA ao qual pertence:

  • Garantir a permanente satisfação dos clientes, cumprindo as suas necessidades e expectativas
  • Fornecer produtos seguros e de acordo com as especificações de qualidade aplicáveis
  • Adoptar uma postura ambiental e socialmente responsável

Neste sentido, a ELAIA LAGAR definiu e implementou a Política de Qualidade, Segurança Alimentar, e Ambiente, assente nos seguintes compromissos:

  • Transformar a Qualidade, Segurança Alimentar e Ambiente, em elementos fundamentais da cultura do Grupo;
  • Assegurar o estrito cumprimento dos requisitos legais bem como de outros requisitos que a empresa subscreva ao nível da Qualidade, Segurança Alimentar e Ambiente;
  • Disponibilizar aos clientes produtos e serviços, promovendo a qualidade, inovação e diferenciação;
  • Manter e desenvolver relações de parceria com os fornecedores;
  • Minimizar o impacte ambiental das actividades desenvolvidas, dando prioridade a medidas de prevenção da poluição e medidas especificas de proteção do ambiente, adoptando as melhores práticas e tecnologias disponíveis. Efectuar uma utilização racional dos recursos (matérias primas e materiais, combustíveis, energia, água), minimizar a produção de resíduos e garantir a sua correcta eliminação;
  • Promover um ambiente de trabalho em Equipa, suportado por elevado profissionalismo, rigor e espírito de inovação;
  • Disponibilizar formação adequada dos colaboradores, para que os mesmos desenvolvam potencialidades e competências com vista a um desempenho eficaz e responsável das suas actividades;
  • Fomentar as relações com instituições de investigação e outras entidades, no conhecimento sistemático de novas práticas, na melhoria dos produtos e da rentabilidade dos processos produtivos, assim como do desempenho ambiental;
  • Promover a melhoria contínua da eficácia dos Sistemas de Gestão da Qualidade, Segurança Alimentar e Ambiental;
  • Garantir que os princípios fundamentais desta Política são do conhecimento de todos os colaboradores e facultá-la, sempre que necessário, a todas as partes interessadas (clientes, fornecedores, entidades oficiais, sociedade em geral), promovendo a adequada comunicação quer interna quer externa com os agentes da cadeia alimentar;

Para alcançar os compromissos enunciados, a ELAIA LAGAR estabelece anualmente Objectivos e metas, divulgando-os na organização, e avaliando periodicamente o seu grau de cumprimento.

O Conselho de Administração da ELAIA LAGAR, assim como TODOS os seus Colaboradores, identificam-se claramente com os compromissos enunciados, e comprometem-se a actuar com foco no alcance dos Objectivos estabelecidos, realçando deste modo a importância deste documento e de todas as disposições e procedimentos que lhe são implícitos.

Pela Administração

Lisboa, 14 de Junho de 2016